• Em 10 de August, 2018

Prefeitura atende recomendações do MP sobre matadouros

Atendendo às recomendações do Ministério Público de Pernambuco (MPPE), por meio da 1ª Promotoria de Justiça de Catende, a Prefeitura de Catende está realizando um conjunto de medidas e reformas para manter o funcionamento do matadouro municipal e readequar o matadouro do bairro Monte Alegre nos moldes de matadouro regional. Com essa finalidade, a prefeitura propôs ao MPPE a elaboração de um Termo de Ajustamento de Conduta. Os estudos para ajustes e fundamentação jurídica do TAC estão em elaboração pela Procuradoria Geral do Município, em conjunto com a Secretaria Municipal de Administração. 

Em entrevista concedia à TV Jornal, o secretário de Administração, José de Luna Cavalcanti, disse que o matadouro no bairro Monte Alegre será ampliado para se tornar regional e se encontra em fase de readequação, reestruturação e equipagem. “O prédio foi projetado para abate de bovinos, suínos e caprinos de Catende e passará a realizar o abate das cidades de Água Preta, Xexéu, Joaquim Nabuco, Palmares, Maraial e Jaqueira”, destacou. 

O secretário adiantou também que está sendo elaborada uma proposta conjunta entre esses municípios para a criação e assinatura de um Termo de Cooperação Técnica e Financeira. Esta iniciativa será proposta ao Governo de Pernambuco para ser realizada com o Centro de Abastecimento e Logística de Pernambuco (Ceasa/PE). As normas da Vigilância Sanitária e da  Agência de Defesa e Fiscalização Agropecuária de Pernambuco (Adagro) serão obedecidas nesses procedimentos.  

O matadouro do município segue em funcionamento e simultaneamente recebe readequações, reformas e reestruturação com recursos próprios do tesouro municipal. Uma equipe de veterinários, administradores e trabalhadores operacionais fazem a gestão do equipamento público. Hoje, o matadouro realiza abate de bovinos, suínos e caprinos de Catende e das cidades vizinhas, Palmares, Maraial e Jaqueira.